Como Aliviar Cólicas Menstruais De Maneira Natural

Há muitas alternativas aos remédios convencionais que podem te ajudar nas cólicas menstruais e até mesmo na TPM // Foto por Freepik

 

Cólicas menstruais são dores no baixo ventre que podem estar associadas ou não a doenças como cistos, miomas e endometriose, por exemplo. A maioria das mulheres em idade fértil já sentiu cólica em diferentes intensidades em algum momento da vida. Por isso, antes de qualquer coisa, é importante alertar que em caso de cólicas muito fortes, a recomendação é buscar ajuda profissional e recorrer a exames para verificar se há alguma doença por trás da dor.

As alternativas naturais listadas aqui servem para todos os casos de cólicas menstruais, porém não curam doenças como citei acima, mas ajudam diminuir o uso de medicamentos sintéticos usados largamente e que trazem efeitos colaterais consideráveis.

Antes de indicar o tratamento natural com ervas e óleos essenciais, é importante citar uma atitude chave que precisei tomar para conseguir alívio das minhas dores: diminuir o ritmo de trabalho durante o período menstrual. Mulheres são seres cíclicos, e o período menstrual foi feito para o recolhimento.

Se não conseguimos nos recolher completamente, devemos realizar apenas atividades que não podem ser adiadas. Caso deseje compreender melhor sobre o ciclo menstrual de maneira holística, busque por leituras como as da autora Miranda Gray e a Mandala Lunar. Ambas oferecem ferramentas para o autoconhecimento que ajudam-nos a entender melhor o nosso corpo e fazer com que o período menstrual seja um momento de conexão e celebração e não de dor e sofrimento.

Publicidade

Para te acompanhar nesse período de recolhimento e cuidado, seguem algumas ervas e óleos essenciais que podem ser usados para melhoria das dores e maior conforto.

Chá de calêndula

Por que? As flores amarelas e alaranjadas da calêndula são excelentes para as mulheres. São antiinflamatórias e estimulam as funções do fígado. O fígado é um órgão muito importante no equilíbrio dos hormônios femininos. Além disso, a calêndula é emenagoga, ou seja, facilita o fluxo menstrual, aliviando as cólicas.

Como usar: prepare meio litro de chá com três colheres de sopa rasas de flores de calêndula. Primeiro esquente a água até chegar quase ao ponto de fervura. Desligue o fogo e jogue as flores. Misture e abafe por 10 minutos. Coe e divida essa quantidade em três doses e tome três vezes ao dia entre as refeições. Você pode começar a tomar o chá uma semana antes do primeiro dia da menstruação e continuar tomando até o fim do fluxo.

Óleo essencial de lavanda

Por que? O óleo essencial de lavanda é um dos mais versáteis que existe. Seu aroma é relaxante e ajuda a equilibrar as emoções. Ele pode ser usado por todo o ciclo (e não apenas no período pré menstrual). Apenas sugiro que você dê um intervalo de três dias depois que o fluxo for embora. Como ela também alivia os sintomas de irritabilidade comuns do período pré menstrual, consequentemente quem usar a lavanda terá uma menstruação mais tranquila e com menos dor.

Como usar? Você pode usá-lo no difusor elétrico ou no colar difusor pessoal. Durante a noite, você deve preparar seu difusor de aromas elétrico com um pouco de água e 5 gotas de óleo essencial de lavanda. Coloque-o na tomada mais próxima de sua cama, todas as noites e antes de dormir. Além de ajudá-la a ter um sono tranquilo, a lavanda é um antiespasmódico uterino, ou seja, relaxa sua musculatura.

Durante o dia, você pode usar um difusor de aromas pessoal em seu pescoço e cheirá-lo diversas vezes ao dia. Pingue em um algodão de duas a três gotas do óleo essencial de lavanda, coloque-o no difusor e leve-o com você por onde for.

Chá de raiz de salsinha

Por que? Conheci esse chá quando fiz um curso sobre plantas medicinais em Minas Gerais. Ele é muito utilizado na região onde o curso aconteceu, com ótimos resultados. A raiz de salsinha é indicada para “limpeza” do útero e dos ovários, cólica menstrual e é antiinflamatória.

Como usar? Você pode começar a tomar o chá antes mesmo da menstruação chegar, assim como a calêndula. Esse chá é feito por decocção: esquente meio litro de água até chegar quase ao ponto de fervura, adicione duas colheres de sopa rasas de raiz de salsinha picada e seca. Deixe ferver por três minutos, desligue o fogo e deixe a mistura descansar por 5 minutos. Coe, divida em três doses e tome três vezes por dia.

Escalda pés de ervas quentes e estimulantes

Publicidade

Por que? Um banho quentinho, bolsa de água quente na barriga e escalda pés acolhe na hora da dor. Mas há uma explicação pra isso. O calor dilata os vasos sanguíneos, ajudando a eliminar a prostaglandina, um mediador de inflamação que estimula a contração uterina. Mas atenção, o escalda pés não é indicado para pessoas hipertensas.

Como usar? Sugiro um escalda pés com ervas aquecedoras e estimulantes para um efeito ainda melhor. Esquente um litro de água até chegar quase ao ponto de fervura. Acrescente uma colher de sopa de gengibre bem picado, um pau de canela e uma colher de sopa de alecrim. Deixe ferver por cinco minutos com a panela tampada. Desligue o fogo e aguarde mais cinco minutos. Coe e coloque em um balde que caiba seus pés com água fria suficiente para que você consiga mergulhá-los sem se queimar.

Sente-se em um lugar confortável e relaxe. Respire profundamente. Você pode deixar ao seu lado uma garrafa térmica com água quente pra ir acrescentando ao escalda pés à medida que ele esfriar. Quando estiver quase frio, enxugue os pés e calce uma meia. Aliás, as mulheres mais velhas dizem que é prudente cobrir os pés quando menstruamos. Eu faço isso, mesmo quando o tempo não está frio.

Gostou dessa matéria? Compartilhe.
Tags

.