O Que Você Precisa Saber Sobre a Polêmica Em Torno da Marca Deva Curl

Quem acompanha o universo dos cosméticos naturais e dos cabelos cacheados deve ter visto por aí que a Deva Curl, nessa última semana, começou a fazer valer seu direito de marca sobre os nomes No-Poo® e Low-Poo® sem cerimônias. A empresa espantou muitos que não sabiam que ambos os nomes não eram nomes de técnicas, mas de marcas devidamente registradas há anos pela co-fundadora da marca, a inglesa Lorraine Massey.

Massey abriu seu primeiro salão, Devachan, quando se mudou para os EUA, em 1994. Em 2002, ela lançou a primeira edição do The Curly Girl Handbook. No livro, a autora fala do Curly Girl Method, um método desenvolvido por ela para tratar cabelos cacheados de maneira gentil e sem agressões, garantindo assim que os fios não ressequem e minimizando os danos à cutícula capilar, além de outras técnicas como o corte a seco.

O método desencoraja o uso dos shampoos tradicionais com sulfatos e outros ingredientes que removem toda a oleosidade natural do fio. No mesmo ano do lançamento do livro, Lorraine criou a própria marca com o brasileiro Denis da Silva, a Deva Curl, e colocou no mercado o primeiro higienizador capilar sem sulfatos e silicones chamado No-Poo®. A linha de produtos cresceu, incluindo até um secador com difusor, o Deva Curly Dryer. Já o Low-Poo® é um produto de limpeza não tão suave quanto o No-Poo®, mas nem tão forte quanto o shampoo tradicional.

lorraine-massey-deva

A co-fundadora da Deva Curl e autora da The Girly Girl Handkbook Lorraine Massey // Reprodução

De 1994 para cá, Lorraine e seus cuidados ficaram cada vez mais conhecidos. Uma pesquisa rápida mostra como o método é conhecido por revolucionar a indústria cosmética em se tratando de cuidados para cabelos crespos e cacheados. Em 2010, The Curly Girl Handbook foi relançado e de lá para cá os nomes No-Poo® e Low-Poo® ficaram tão populares que acabaram sendo adotados erroneamente como termos de técnicas de cuidados capilares pelas pessoas e até por outras marcas.

Publicidade

A marca chegou no Brasil em 2012 e não é de agora que a Deva Curl está de olho em suas patentes seus direitos de marca. Outras empresas estão sendo intimadas oficialmente a retirarem os nomes No-Poo® e Low-Poo® de suas embalagens há algum tempo, mas parece que foi agora que a Deva Curl entrou com mais força para reivindicar seus direitos, derrubando inclusive, grupos e páginas no Facebook que levavam os nomes das marcas.

Não só a marca espantou quem achava que No-Poo® e Low-Poo® eram técnicas populares, como também incomodou muita gente por ter ido para além da indústria cosmética e mexido com as redes sociais. Na página brasileira oficial da marca no Facebook, eles deixaram o comunicado:

“Nós, da Deva® Curl, estamos acompanhando as postagens e questionamentos sobre o uso ilegal das marcas registradas No-Poo® e Low-Poo®, de nossa propriedade, e por isso queremos esclarecer alguns pontos importantes.

As marcas No-Poo® e Low-Poo® referem-se a sinais distintivos registrados, de dois produtos criados e desenvolvidos pela empresa Deva® Curl, que os fabrica e comercializa nos EUA e no Brasil. São dois higienizadores, livres de sulfatos, parabenos, silicones e à base de ingredientes botânicos.

Por serem marcas registradas no Brasil e em vários países do mundo, não podem ser usadas sem nossa autorização como nomes de comunidades ou perfis em redes sociais, a não ser que sejam autorizados pela própria marca Deva® Curl.

Há um equívoco de que não será mais permitido os seus usos em citações para divulgarem esses produtos. É PERMITIDO desde que usados corretamente, como marcas registradas No-Poo® e Low-Poo® e para distingui-los dos demais produtos no mercado em suas atividades comerciais, porém, nunca como nomes genéricos, os quais não são.

Os produtos No-Poo® e Low-Poo® são frutos de muito trabalho e dedicação da Deva® Curl, que investiu muito no seu desenvolvimento e contínuo aprimoramento. Nós não adaptamos uma linha de produtos para cachos, mas criamos uma linha específica para esse tipo de cabelo, com um ritual próprio e com base em muita pesquisa e investimentos.

Estamos abertos para tirar toda e qualquer dúvida. Sempre fomos transparentes em nosso relacionamento com vocês e não será diferente agora.”

Para quem quer saber mais sobre o passo-a-passo do Curly Girl Method, dá uma olhada nesse tutorial da Karina Veiga, do Acorda Bonita, feito quando a marca ainda nem tinha representantes oficiais e chegava aos poucos no país.

Publicação atualizada em: 25 de julho de 2016 às 13h.

Imagem Capa: Time Modefica

Conheça e faça parte do Clube Modefica!
O Modefica é uma mídia independente que pensa moda, arte, alimentação e política para resiliência social e ecológica. Para manter nosso conteúdo aberto e acessível para todas as pessoas, nós precisamos da sua colaboração.
Gostou desse texto? Contribua com o Clube Modefica e ajude nosso conteúdo ir mais longe para amplificar a transformação positiva.
Gostou dessa matéria? Compartilhe.
Tags

. . .