Mais Alma É O Ecommerce Brasileiro Que Te Ajuda A Comprar Com Ética

modefica-apresentado-por-mais-alma” width=

Já pensou em um e-commerce responsável por reunir só o que há de melhor na produção de produtos de moda, decoração e beleza conscientes? A Mais Alma pensou e é por isso que, praticamente um ano após seu primeiro lançamento, Julia Bedolo e Ana Fracasso resolveram reafirmar ainda mais seu compromisso com a compra com ética e lançar uma plataforma de compra que foge totalmente do padrão das multimarcas que temos por ai.

A Mais Alma é uma iniciativa das paulistas radicadas no Rio de Janeiro que, depois de anos trabalhando em áreas distintas e cansadas de não ver mais sentido no próprio trabalho, resolveram seguir por um caminho onde o propósito e uma vida com mais sentido guiasse os passos da carreira. Em 2015 elas se juntaram para dar vida à Mais Alma, um marketplace cujo principal objetivo era valorizar a produção artesanal e dar visibilidade a artistas, designers e artesãos brasileiros.

Ao adentrarem o universo da moda e da produção de produtos conscientes, serem postas diante dos desafios da sustentabilidade e entenderem o quanto a produção de um produto pode implicar negativamente no meio-ambiente, nas pessoas e nos seres não-humanos, mesmo que feito em pequena escala, a dupla acreditou ser necessário peneirar ainda mais a seleção e impor novos desafios para o negócio. A busca de critérios mais afinados foi uma evolução inevitável e 2016 foi o ano de ir além.

Depois de meses pesquisando, estudando e ponderando, a Mais Alma inaugura uma nova fase. Uma fase que nós comemoramos muito por aqui, pois sempre namoramos essa ideia de fazer um e-commerce mais consciente e responsável, com uma curadoria cuidadosa e onde entender mais sobre os produtos que estamos colocando no carrinho não fosse praticamente uma missão impossível, igual é nos e-commerces tradicionais.

“Nossa proposta é incentivar uma mudança de comportamento sobre a forma como consumimos e mostrar marcas e produtos que representam melhores escolhas para as pessoas e para o planeta.”, explicam elas.

Publicidade

Ao navegar pelo site da Mais Alma, você não navega só pelas cores, tamanhos, segmento e tipos de produto. A estética importa muito, claro, mas o convite é para sermos curiosos: como esse produto foi feito? Os filtros da compra com ética criados pela Mais Alma, e inspirados em referências nacionais e internacionais, são: respeito na produção, feito pelo artista, vegano, orgânico, upcycling, design atemporal, cruelty-free e eco-friendly.

No universo ideal, todos os produtos deveriam pensar, para além do design, em todos esses critérios de respeito. Entretanto, como nem todos os produtos atendem todos os critérios, é possível filtrar pela característica mais importante para você e, claro, quanto mais critérios um único produto atingir, melhor.

Os novos pilares éticos vieram para somar ao propósito inicial da Mais Alma de valorizar quem faz e servir de ponte. É por isso que dentro do e-commerce cada marca tem um espaço só seu para contar uma pouco da sua história. É a humanização da peça, respeitando criador e criatura, em um processo harmonioso que não acaba e tem sua continuidade nas mãos de quem as comprou.

mais-alma-detalhe-compra

Sendo assim, para vender na Mais Alma, a curadoria é baseada em três pontos: produção nacional, em baixa escala e de forma artesanal ou autoral. Depois disso, os criadores selecionados têm sua produção alinhada com pelo menos dois dos 8 pilares da compra ética. Apesar de ser um marketplace e a venda ser a maneira como ele se sustenta, o objetivo maior da Mais Alma está muito além dessa troca comercial. Antes de qualquer coisa, elas querem gerar mudanças positivas com o negócio que têm.

“É cada vez maior o interesse [das pessoas] sobre as matérias-primas, os processos de criação e produção, o destino dos resíduos e os impactos gerados. Acreditamos que geramos mudanças positivas ao incentivar que as pessoas questionem, perguntem e valorizem marcas com melhores práticas”, contam as sócias.

Para tornar a experiência ainda mais completa, a Mais Alma incorporará outros produtos no e-commerce e expandirá também para a área de beleza. A promessa é se manterem curiosas e questionadoras, principalmente porque esse mercado é novo e cheio de desafios e todos temos ainda muito o que aprender sobre ele. Fatores que Julia e Ana não escondem e encaram de frente, sempre dispostas a evoluir e fazer melhor.

A tarefa posta não é fácil, mas a Mais Alma começou bem e continua ainda melhor. Não é difícil se apaixonar por muitas das marcas selecionadas, várias delas comandadas por mulheres que fortalecem o coro das mulheres na moda. A PAR é um exemplo de iniciativa que traduz bem os conceitos da nova Mais Alma.

De Jéssica Unikowski, a marca utiliza tecidos compostos com algodão e alguns modelos são desenvolvidos com algodão reciclado e fibra de garrafa pet, em parceria com um fornecedor com certificação Ecolabel. Além de tecidos de fibras naturais e ecológicas, a estrutura do sapato também é feita com reaproveitamento de garrafas pet. Cada PAR é acompanhado de um porta sapatos, confeccionados a partir de banners descartados, desenvolvido junto ao grupo empreendedor Cardume de Mães, apoiado pela ONG Projeto Arrastão. Muitas opções da PAR são veganfriendly.

montagens-mais-alma-01-sapato-b

Sapato PAR Terra na Mais Alma
#vegan #feitonoBrasil #upcycling
Para quem gosta de joias, a Mais Alma também oferece opções de designers que estão preocupadas em minimizar seu impacto, afinal, a mineração é uma das principais e mais controversas atividades humanas. Livia Bassi, por exemplo, aproveita até o pó da prata que fica na mesa. Laís da Silveira, da Myneral Studio, transforma joias de prata antigas em novas peças.

Outra marca que faz parte da seleção Mais Alma e tem uma conversa bastante afinada é a Shieldmaiden de Camilla de Matos. A marca conta com peças em algodão orgânico, matérias-primas recicladas e também itens manuais, como os tricôs. Mas não é só moda e acessórios que você encontra na Mais Alma. Produtos para casa, decoração e itens infantis também fazem parte da seleção.

montagens-mais-alma-02-poster-anel

Anel Z29 Livia Bassi #vegan #feitonoBrasil #ecofriendly
Pôster I’m Not There ADA #vegan #ecofriendly #feitonoBrasil
montagens-mais-alma-03-camiseta-colar

Colar Deer Skull Myneral Studio #vegan #feitonoBrasil #feitoamão #ecofriendly
Camiseta Lagertha Shieldmaiden #vegan #upcycling #ecofriendly #feitonoBrasil
Para acompanhar a Mais Alma e as novidades, siga no Facebook e Instagram. E não deixe de assinar a newsletter.

A Mais Alma é mais uma iniciativa de #mulheresnamodaconsciente. Julia e Ana também participaram da Mentoria Modefica 2016. Lembrando que o Modefica busca se unir só a marcas e pessoas que estão fazendo diferente. Apoiá-las é também apoiar o Modefica.

Imagens: Reprodução

Atualizado em 06 de dezembro de 2016 às 13h33.

Publicidade
Conheça e faça parte do Clube Modefica!
O Modefica é uma mídia independente que pensa moda, arte, alimentação e política para resiliência social e ecológica. Para manter nosso conteúdo aberto e acessível para todas as pessoas, nós precisamos da sua colaboração.
Gostou desse texto? Contribua com o Clube Modefica e ajude nosso conteúdo ir mais longe para amplificar a transformação positiva.
Gostou dessa matéria? Compartilhe.
Tags

.