8 Organizações De Proteção Animal Para Conhecer E Ajudar

Você pode não ter espaço para adotar um cão ou gato, nem tempo para se engajar muito nas questões de proteção animal, mas você já pensou que tem muita gente trabalhando nisso dia e noite e sua ajuda, seja por meio de uma doação, de um voluntariado pontual, ou de apadrinhamento, é muito bem vinda?

Há uma infinidade de ONGs e projetos por aí precisando de uma mão amiga para construir um mundo onde todos tenham direito à vida e à liberdade. Muitas vezes, doar R$ 10, apoiar uma campanha ou assinar um abaixo assinado é muito simples e pode fazer uma enorme diferença para levar o trabalho desse pessoal adiante.

Separamos aqui 8 organizações com diferentes focos para você conhecer, ajudar e, claro, divulgar por ai.

1. Sea Shepherd

Publicidade

Criada em 1977 por Paul Watson, co-fundador do Greenpeace, a Sea Shepherd tem como foco principal a preservação dos mares e é bastante reconhecida por seu intenso ativismo. Com sede nos EUA e escritórios no Brasil, Austrália, Canadá, Inglaterra, Holanda, França e África do Sul, a ONG conta com milhares de voluntários espalhados pelo mundo.

No Brasil, a Sea Shepherd atua de maneira independente por meio de quatro áreas principais: educação ambiental, fiscalização e monitoramento, treinamento e suporte técnico. Apesar de não ter funcionários fixos e só trabalhar com voluntários, a ONG precisa de suporte financeiro para manter os custos com a sede em Porto Alegre e para financiar projetos. Para saber mais como você pode ser um voluntário da Sea Shepherd, acesse o site. Para quem é de São Paulo, dia 17/09 tem mutirão de limpeza em Ilha Bela.

2. World Animal Protection

ongs-protecao-world-animal-protection

Também americana, a World Animal Protection tem como principal objetivo a proteção dos animais, sejam eles domésticos, selvagens, de fazendas pecuárias, animais de carga, ou vítimas de desastres. A ONG atua por meio da ação direta, da educação e conscientização e também da ação em conjunto com órgãos governamentais.

A WAP tem sedes pelo mundo todo, inclusive no Brasil. Por aqui, a ONG chegou há pouco tempo e vem atuando principalmente com os cães de rua e em pró de uma guarda responsável. A doação ajuda a cuidar dos animais por meio da vacinação, transporte de animais silvestres e cuidados básicos. Saiba mais e colabore seja doando ou assinando as petições.

3. Mercy For Animals

ongs-protecao-mercy-for-animals

Considerada uma das maiores ONGs de proteção de animais de fazendas (vacas, porcos, carneiros, galinhas), a Mercy For Animals luta pelo bem estar animal e pela conscientização de que animais não são produtos. A ONG atua disseminando uma alimentação mais saudável e vegetariana, o veganismo e a compaixão.

No Brasil, a Mercy For Animals vem atuando por meio da disseminação do veganismo e de uma dieta vegetariana. A primeira grande ação da ONG em território nacional foi o Guia Vegetariano, com receitas práticas e informações nutricionais para transicionar para o vegetarianismo. Para apoiar o trabalho da MFA, você pode ser um voluntário ou doar para fazer as ações acontecerem.

4. ANDA

ongs-protecao-anda

A Agência de Notícias de Direitos Animais difunde na mídia os valores de uma nova cultura, mais ética, mais justa e preocupada com a defesa e a garantia dos direitos animais. É o primeiro e maior portal jornalístico do mundo que combate a violência social e a destruição do meio ambiente a partir da defesa dos direitos dos animais. Em 28 de fevereiro de 2011, a ANDA ganhou o prêmio “Compaixão Mundial”, dado pela Supreme Master TV, com sede em Los Angeles, em reconhecimento ao trabalho desenvolvido pela Agência em prol da paz no planeta e por um mundo mais justo e sustentável.

A ANDA tem diversos custos fixos e precisa de doações para manter seu funcionamento e cobrir gastos. Você pode ajudar a ANDA sendo um voluntário e, principalmente, colaborando pontual ou mensalmente com alguma quantia em espécie. Saiba mais.

5. AMPARA

Publicidade

A AMPARA Animal (Associação das Mulheres Protetoras dos Animais Rejeitados e Abandonados) é uma OSCIP, sem fins lucrativos de proteção animal que ajuda abrigos e protetores independentes com ração, medicamentos e atendimento veterinário. Desde 2010, a organização apoia protetores e organiza também mutirões de castração e atendimentos clínicos, promove eventos de adoção, além de fazer campanhas de conscientização e incentivo à adoção.

É possível ajudar de diversas formas, inclusive doando para a AMPARA. Atualmente, junto com a 100% Animais e Associação Mata Ciliar, a AMPARA está com uma campanha no Kickante para ajudar a criar espaços de preservação para 16 onças pintadas.

6. Santuário Terra Dos Bichos

ongs-protecao-santuario-terra-bichos

O Santuário Terra dos Bichos é uma ONG de proteção animal que abriga 500 animais de 18 espécies diferentes retirados de situações de maus tratos. O Santuário acolheu algumas porcas resgatadas no acidente do Rodoanel e hoje conta com 96 desses animais.

É possível ajudar doando qualquer quantia em dinheiro, alimentos, apadrinhando um dos porquinhos, sendo voluntário, compartilhando a causa e ainda comprando delícias veganas do Santuário. Para saber mais e escolher uma das formas de colaboração, acesse o site ou para ajudar na Vakinha, clique aqui.

7. Natureza Em Forma

ongs-protecao-natureza-em-forma

A Associação Natureza Em Forma é uma ONG de proteção animal que atua principalmente por meio da promoção de adoção de animais resgatados. Além do Centro de Adoção de animais resgatados, que é a principal atividade da ONG, eles promovem ações de castração, e contam com clínica veterinária com sala cirúrgica e identificação pelo RGA (Registro Geral Animal), além de banho e tosa vegano.

Há várias maneiras de ajudar a Natureza Em Forma, seja por meio do voluntariado, doações, compra de produtos no Pet Centro Animal, sendo um parceiro ou apadrinhando um animal. Para saber mais, clique aqui.

8. Projeto Mucky

ongs-protecao-projeto-mucky

De São Paulo, o Projeto Mucky atua desde 1985 para preservar os primatas brasileiros. A ONG socorre, recupera, mantém, pesquisa, busca a procriação das espécies em risco e, mesmo considerando as incertezas de sucesso, trabalha sempre no intuito de reintegrar os primatas à natureza.

O projeto começou com Mucky, um macaquinho domesticado e que passou por algumas mãos antes de chegar aos cuidados de Lívia Maria Botár, a fundadora do projeto. Localizada em uma área com 20 mil m² no interior de São Paulo, a maioria dos macacos são resgatados da manutenção indevida de silvestres como animais de estimação. Para resgatar, tratar, manter e reintegrar os animais, a ONG precisa de doações e incentivo. Tem várias formas de apoiar o projeto, inclusive sendo um ecovoluntário. Saiba mais clicando aqui.

Imagens: Reprodução

Gostou dessa matéria? Compartilhe.