Fim De Semana Em Portland: Um Roteiro Vegano Para O Corpo E O Espírito

Portland é uma mistura de cidade com paraíso verde // Christina Pippin

 

Portland, Oregon, uma cidade ao noroeste do Estados Unidos, definitivamente tem uma boa reputação. Conhecido por ser uma cidade líder em sustentabilidade, um refúgio para todos os viajantes de duas rodas e o sonho dos amantes da natureza, essa cidade portuária tem uma fama que toda cidade gostaria de ter.

Repleta de florestas prístinas, terrenos de montanhas intocadas e cachoeiras borbulhantes? Absolutamente. Uma cena vegana dinâmica que inclui uma barraca e uma mercearia completamente vegana, assim como um bando de padarias com comidas à base de plantas? Sim! Uma generosidade de restaurantes que apresentam ingredientes orgânicos e cultivados localmente? Por aqui!

E se você já ouviu falar que cães são permitidos dentro de tabernas na ótima cidade de Portland, então você ouviu direito.

Bem-vindo à Portland.

Publicidade

Comidinhas na Back to Eden Bakery e além.

Se você for à Portland, não deixe de parar no Alberta Arts District. A energia é contagiante, com uma infinidade de galerias de arte e boutiques indies salpicando a comunidade. E eles têm tudo o que seu coração faminto poderia desejar. Você encontrará a Back to Eden Bakery com sua ampla gama de guloseimas 100% à base de plantas (sem glúten também, então aprecie um bolo ou cookie bem molhadinho), o Bye and Bye Bar e o café Blossoming Lotus, todos a uma curta distância à pé ou de bicicleta se você preferir.

 

Os doces da Back to Eden vão te deixar com água na boca // Christina Pippin

 

Blossoming Lotus

O Blossoming Lotus tem servido comida vegana que mistura comidas típicas globais a mais de dez anos. A sua ampla e inventiva seleção no menu inclui smoothies nutritivos, cheeseburgers de noz e lentilhas saborosos e sobremesas robustas como cheesecake de morango e bolo de cenoura caseiro. (Eu recomendo cada uma dessas opções porque provei todas elas. Certifique-se de experimentar os chips de couve com limão também!). Tudo é servido pela equipe mais amigável em uma atmosfera casual e convivial. Inclinando-me sobre minha fatia de cheesecake rosa, ouvi a mulher na mesa ao meu lado falando com uma amiga em tom silencioso e conspiratório: “Não é realmente queijo, é à base de castanhas de caju, então podemos comer tudo o que queremos!” Sim, sim. Nós podemos ter nosso cheesecake e comê-lo também.

 

No Blossoming Lotus a pedida foi hambúrguer com chips de kale // Christina Pippin

 

The Bye and Bye

Eu apareci para conhecer o bar e o restaurante 100% vegano amplamente conhecidos na região, famosos por sua extensa seleção de cocktails e cervejas, que inclui bebidas não alcoólicas também. Enquanto algumas cervejas, vinhos e bebidas espirituosas são processadas com produtos derivados de animais, como gelatina, caseína ou albumina, aqui no The Bye and Bye a equipe vem derramando bebidas amigas dos veganos há mais de nove anos. Mas o que realmente me surpreendeu foi a seguinte descoberta: além de um retrato considerável e pintado à mão do romancista americano Jack Kerouac observando os clientes (incluindo os filhotes no pátio frontal), este local iluminado pelo sol não serve nada de ordinário.

O menu de comidas inclui alimentos reconfortantes tradicionais, como o queijo grelhado e a culinária com inspiração sulista, incluindo feijões vermelhos e verduras. O cozido de coco e o cheesecake de limão e figos frescos foram servidos no dia da minha visita. Eu provei a sobremesa, e não parei de pensar nela desde então. Foi divino. Quando eles me disseram que só tinham uma fatia, eu sabia que estava no lugar certo no momento certo. Eles dizem que a vida é tanto sobre sorte quanto sobre esforço. Então, fiz o poderoso esforço para visitar os estabelecimentos certos, e sorte sorriu para mim. A vida me recompensou com um cheesecake agradavelmente tangente, minha sobremesa favorita. Eu chamo isso de destino de sobremesa.

 

Todas as bebidas no The Bye and Bye são veganfriendly // Christina Pippin

 

The Harvest at the Bindery

Escolha o macarrão rústico recheado, nhoque de beterraba ou polenta com cogumelos de ostra defumados e você ficará igualmente satisfeito. O Harvest at the Bindery é um espaço aberto, encharcado de sol com serviço de alto nível e, realmente, a melhor interpretação que tive de pratos tradicionais que são raramente encontrados nas versões veganas. Enquanto muitos desses pratos são tradicionalmente feitos com creme, manteiga e queijo, foi bastante mágico experimentar cada um desses pratos quentes, cheios de textura e ricos sabor, sem os lácteos. Se você visitar durante o horário de café da manhã, os ovos Benedict certamente serão um deleite. O chef deixa de fora os ovos, mas mantém o sabor profundamente penetrante.

 

Uma das minhas escolhas no The Harvest at the Bindery// Christina Pippin

 

Tesouros Locais e Vintage

Fica atento a essa maravilhosa loja conceitual na Alberta strip Zig Zag Wanderer. Eles têm uma boa seleção de livros vintage e uma coleção substancial de mercadorias feitas por artesãos locais, incluindo óleos essenciais e perfumes artesanais unissex por Age of Earth, assim como uma bela linha de jóias de latão marcadas à mão pelo Indigo Alice Designs.

Aqui você encontrará também muitas camisolas e cardigãs vintage, camisetas gráficas pré-amadas ou blusas camponesas dos anos 70 em tons de terra, peças perfeitas para fazer looks em camadas para passar do clima frio para o quente.

Publicidade

Além disso, na lista de must-see, adicione uma visita à Herbivore Clothing Company, onde roupas, obras de arte originais, livros e acessórios (incluindo produtos de banho e corpo) alinham as prateleiras e enchem as paredes desta pequena loja que está comemorando seu décimo aniversário este ano.

 

A Zig Zag Wanderer é parada obrigatória pra os amantes do vintage das coisas locais// Christina Pippin

 

Há muito a amar quando é hora de cavar uma boa refeição em Portland. Com tantos cafés para escolher, o único desafio é selecionar qual visitar em um fim de semana. Se você deseja uma noite acolhedora e deseja cozinhar suas próprias refeições, dirija-se a Food Fight! Grocery, um supermercado especializado em alimentos amigos dos animais, suplementos e produtos frescos (além de botões divertidos para cada jaqueta e bolsa no seu guarda-roupa).

Se você decidir aproveitar uma noite de refeições requintadas, então não deixe a cidade sem fazer uma reserva no Farm Spirit, um local deliciosamente rústico com uma mesa de cozinha. Esses destaques são apenas uma maneira de mergulhar os dedos dos pés na cena vegana vibrante na “cidade que funciona”, uma cidade onde você não só pode alimentar o seu apetite por alimentos profundamente satisfatórios e saborosos, mas entre os parques verdejantes e as florestas exuberantes, você também pode alimentar o seu espírito humano.

 

Escrito por Cristina Pippin e publicado originalmente na Vilda Magazine. Christina é artista, educadora e escritora freelance que divide seu tempo entre Paris e Chicago. Ela acredita em usar a criatividade como ferramenta de mudança. Ela acredita em heróis da vida real e no poder do amor. Ela é curadora de estilo de vida livre de crueldade e ético no Finny + Dill.

Gostou dessa matéria? Compartilhe.
Tags

.