Ateliê Vivo, A Biblioteca De Modelagens Para Costurar Suas Próprias Roupas

O projeto Ateliê Vivo, uma biblioteca pública de modelagens e um espaço de construção de roupas, permite que todo mundo tenha a experiência de produzir suas próprias roupas a partir de modelos doados por estilistas. A iniciativa é do grupo de pesquisa em processos criativos e propostas estéticas G>E (Grupo Maior Que Eu), com coordenação e desenvolvimento da Dani Yukari, Gabi Cherubini, Karla Girotto e Thatiana Yumi Kurita.

Aqui no Modefica, nós acreditamos que um dos passos para levar uma vida mais consciente é reconquistar sua autonomia, poder construir sozinho aquilo que a indústria não te oferece. Seja cozinhando sua própria comida para fugir dos conservantes e temperos industriais ou plantando sua própria horta sem agrotóxicos; quem faz tem o poder nas mãos.

Quando você faz com as próprias mãos experimenta o tempo do processo e cria um elo com o produto final. Entende que para uma peça de roupa existir, por exemplo, precisa de muita dedicação e que não faz sentido abandoná-la depois, pelo contrário, ela precisa ganhar vida.

A ideia do Ateliê Vivo nos é encantadora, pois ela promove exatamente essa autonomia e ajuda a entender a roupa além da moda e do consumo. Karla Girotto, que doou parte do seu acervo de modelagens, afirma que esse processo é a continuação de uma longa história que começou em seu antigo ateliê e que agora pode ganhar novo sentido e imagem. Com o tempo, podemos esperar modelagens de outros estilistas do grupo e também de fora dele, como Giselle Nasser, Lane Marinho, Pitty Taliani (Amapô), Ronaldo Fraga e Rita Comparato.

Publicidade

atelie-vivo-casa-do-povo-3

atelie-vivo-casa-do-povo-1

O Ateliê Vivo acontece na Casa do Povo, dentro do projeto MetaColetivo, que ganhou o edital Proac da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo e propõe que todos os grupos residentes na casa dialoguem com o bairro do Bom Retiro. A participação é gratuita e o projeto acontece aos sábados, das 14h às 21h. Para utilizar o espaço, é preciso ter conhecimentos de corte e costura e levar o próprio tecido. Além disso, é necessário marcar horário por e-mail: [email protected].

Fotos: Divulgação

Gostou dessa matéria? Compartilhe.
Tags

. .