apoie o modefica

Somos uma organização de mídia independente sem fins lucrativos. Fortaleça o jornalismo ecofeminista e leve a pauta mais longe.

DIY 2.0: Honest By Lança A Primeira Coleção Disponível Para Download

Publicada em:
Atualizada em:
Texto
Imagens
min. tempo de leitura
Share on twitter
Share on pinterest
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

É impossível falar de transparência no mercado têxtil sem mencionar a Honest By. Isso porque a marca foi a primeira empresa de moda a compartilhar com seus consumidores todos os custos e detalhes de suas peças, desde a origem da fibra e os processos de fabricação, até o cálculo de mark up (diferença entre o custo de um bem ou serviço e seu preço de venda) de cada produto. Eles acreditam que a moda é bela e a sua história pode ser igualmente encantadora.

Esse conceito surgiu depois de Bruno Pieters, conceituado designer belga, tirar um período sabático na India que mudou completamente a sua filosofia de vida e visão sobre a moda. Lá ele observou que as pessoas tinham uma relação profunda com o que vestiam, podendo identificar facilmente como essas roupas eram feitas, e se questionou se esse tipo de relação funcionaria em uma escala internacional.

De volta à Antuérpia, Pieters começou a trabalhar na sua nova marca, a Honest By, que, além de apostar na transparência da cadeia de moda, também valoriza o design com qualidade, cruelty-free e produzido localmente.

Como se tudo isso não fosse o suficiente para conquistar nossos corações, a Honest By decidiu inovar mais uma vez. Nesse ano, lançaram a DOWNLOAD EP01, uma coleção de acessórios disponível para download. A iniciativa é resultado da parceria com o coletivo espanhol Comme des Machines, liderado pela designer Emilie F. Grenier e especializado em promover a interseção entre moda, tecnologia e sustentabilidade.

diy-honest-by-2

diy-honest-by-1

Funciona assim: você compra o download das suas peças preferidas e, depois, pode imprimir em casa na sua própria impressora 3D. Os produtos variam entre broches, pentes, bottom para sapatos e até uma placa para bicicleta. E é claro que a transparência não ficou de fora desse projeto. No site, você encontra todas as informações sobre tipos de impressoras, materiais e processos indicados para a produção dos acessórios.

Segundo a própria Honest By, há inúmeras questões problemáticas na moda que podem ser resolvidas com o uso de uma impressora 3D caseira: a mão de obra de confecção, falta de transparência da indústria, poluição (não é necessário transporte), e todos os produtos podem ser feitos a partir de matérias-primas recicláveis ou biodegradáveis.

Mesmo que a impressão 3D ainda não esteja totalmente consolidada (principalmente para uso doméstico), é impossível não ficar animado com essa notícia. Isso significa que, em breve, poderemos experimentar uma produção colaborativa, abrindo as portas para uma moda cada vez mais próxima do consumidor e menos danosa ao ambiente e à sociedade. Seria esse o início de um movimento do it yourself 2.0? É difícil dizer. A única coisa que parece certa é que a Honest By viu o futuro da moda – e ele é digital.

Imagens: Reprodução

* * *

Jornalismo ecofeminista a favor da justiça socioambiental e climática

Para continuar fazendo nosso trabalho de forma independente e sem amarras, precisamos do apoio financeiro da nossa comunidade. Se junte a esse movimento de transformação.

Continue lendo